27 abril, 2010

Pimeiros passos .

Uma grossa camada de cílios longos,se encontra brevemente com outra,de fios pequenos e escassos;
O ato de piscar não toma nem um segundo do relógio,mas assim que a pálpebra bloqueia todo o campo de visão do que acontece no presente,imagens de cada um dos segundos imensamente bem vividos ao teu lado,me bombardeiam.

Que injusta a condição de um ser não arrumar palavras que descrevam o bem tamanho que estar ao teu lado me faz;
Mas,recordo-me que a infelicidade necessita ser relembrada e dita a todos os ventos,porem a felicidade,é tão forte,tão real,que despensa lamentos,falação,necessita apenas ser vivida.

E eu a vivo,contigo.
E eu a quero,contigo.

7 comentários:

Aquela tal de brito disse...

você escreve tão bem *-*
palavras tão meigas e profundas
estava com saudade de vim aqui. =*

Chris disse...

É fato, a vida passa muito rapido e não pararmos de piscar não a vemos passar...brincadeira. otimo texto!

Little dreamer disse...

Nem sei o q dizer.

Rebeca Postigo disse...

Hum...
Um simples piscar nos faz perder tantas coisas...
Nos faz pensar em tantas outras...
Amei teu texto!!!

Bjs

Rebeca Postigo disse...

Flor...
Têm dois selinhos no meu blog pra você...

Bjs

Fernanda Zanol. disse...

Lindo Bia *---*
então vamos viver!
HEHE

beeeijo ;*

reche disse...

Resumidamente eu te amo