07 julho, 2008

O amor e suas cenas.




Evidente aos olhos o calor da água
á escorrer pelas delicadezas de um corpo.
As mãos ruspias e gélidas lhe acariciavam
o desejo á consumi-los e a guia-los.
Um beijo ardente que desencadeia
o sentimento á tanto contido em seus corações.
O calor a emanar de seus corpos
segundos que não aparentam,mas rodam.
O amor é sua casa,seu ninho
acolhedor ,e para alguns,pecaminoso.
As vozes trêmulas,e as mãos sem rumo,
á se tocar.
Paixão! Desejo !
O acelerar das respirações,
a "fala" de um prazer.
Abraçados,se tornavam um só,
o ritmo de seus corações pulsantes,
batendo em um só compasso,
formam a mais bela das poesias,
soam aos ouvidos como canção,
.... a doce canção do amor!

4 comentários:

Cámila disse...

Adooro quando tem algo falando de amor nos blogs!

LOGO LOGO CONTINUO A HISTÓRIA!

beijo

slim shady disse...

Belo texto.Amor , sublime amor !

Rαfαεℓℓα disse...

Coincidencia danada...hj eu postei sobre amor também
Um sentimento bastante complicado e dificil de ser decifrado ;D

Beijos, amo aqui!

Ni ... disse...

Q lindooooooo!!! Adorei lindinha...

Seu mimo é um selinho que está na penultima postagem do meu blog ;-)

Beijo e mais beijos