02 novembro, 2009

Tecnicamente é bem fácil se decidir.Se você se desapega de todos os empecilhos que criamos,por medo,no decorrer do caminho,as respostas simplesmente são as coisas mais obvias que tua mente tem consciência.
Fazer a escolha não é o pior que pode ocorrer.
O verdadeiro problema esta em conviver com as conseqüências dessa decisão tomada.
Não tem como prever.Não existe um manual que lhe ensine a ver os sinais de quais escolhas vão ou não ser as mais propicias.
Você pode ter tudo,mas também pode perder até aquilo que não sabia que lhe pertencia.
Não cabe a você o poder de amenizar,só o que podes fazer,é calcular,pesar se vai ser capaz de viver com os prós e contras dessa tua escolha.
E então,o que vai ser?

11 comentários:

Fernanda disse...

As escolhas...Geralmente não tenho medo de faze-las,mas quando essa indecisão aparece prefiro ficar quieta e apenas deixar o destino escolher por mim.

Luan Fernando disse...

Acho que o jeito é está preparado para achar sempres soluções para tudo que possa vim...

Ps: Eu assitir, e gostei. Se você quer super efeitos especiais, acho que mais uma vez vai curti, porém, achei o roteiro de "A Vingança dos Derrotados" um pouco melhor do que do primeiro, mas a formula é a mesma.

Mayara disse...

legaaal... n sei se foi conhecidencia... mas seu testo ta como se fosse uma resposta para um postei um dia desses... "sonho, amor ou amizade?"


bjus... otima semana e muita inspiração...

Gêsa disse...

Fazer escolhas é de fato difícil, mas sinceramente prefiro arriscar que estagnar. Se eu tiver que me arrepender, tudo bem, até isso passa. Só não posso deixar passar o tempo, não sem fazer nada.

Adorei o blog (:

Maria disse...

Eu escolho o delírio!

[Belo blog, moça.]

Beijos doces

Fe disse...

Escolher sempre foi muito difícil pra mim. Mas acho que se a gente pudesse saber antes o resultado de nossas escolhas, nunca faríamos nada.

Então... acho que é melhor tentar acertar. Ou quebrar a cara mesmo. No final a gente sempre aprende alguma coisa.

ahh... o Gee tem cara de bebê mesmo... ashuahsuha.. mas é tão lindinho! (sim, eu sempre vou defender...rsrsr.)

bjsbjs.

Bruna Bianconi disse...

Você disse tudo, o dificil não é a escolha mas o que vem após ela. Acho que isso me impede muitas vezes de decidir as coisas, mas esse impedimento já é uma decisão, complexo né?

Aquela tal de brito disse...

completamente certa como sempre
uau adoreeeeeeeeei
cabe a mim a escolha e as suas consequencias ;~
as consequencias são os que me dão mais medo.
;*

Hosana Lemos disse...

esse é meu carma, indecisão!
penso e repenso...apesar que no final sempre acabo fazendo o que o coração pede, de verdade.
Isso me deixa mais tranquila com as consequências, pelo menos são decorrentes de algo que fiz com a alma!
;)


bjos

*Lusinha* disse...

Ótimo texto!
Seria bom mesmo se soubéssemos com certeza que caminho tomar, mas temos que correr nossos riscos e pagar pelos erros depois. Essa é uma das graças da vida!
Bjitos!

Andrea Carolino disse...

"Fazer a escolha não é o pior que pode ocorrer.
O verdadeiro problema esta em conviver com as conseqüências dessa decisão tomada."

Concordo PLENAMENTE!!!
Mas me diga: qual escolha fazer qdo o coração machucado diz uma coisa e a mente cansada diz outra?

Bjos