17 junho, 2008

Caminhos cruzados [part X ]

Novo dia,mas as marcas da noite passada eram evidentes.Nina não dormiu,chorou como uma criança que pede colo,relembrou toda sua historia,todas as dificuldades que teve que enfrentar depois que Jason partiu;Mas a que mais a marcava,a magoava,era saber que Jason tinha,algumas vezes,á traído com Mila,a garota que trabalhou com ela no café,e tinha dado todo tipo de apoio para que ficassem juntos.Como pode???
A manhã seria um tanto complicada,mas tinha que se manter firme na sua decisão.Por mais que o amasse,não tinha como perdoá-lo.
-Bom dia minha florzinha..é hora de acordar Sofia.

*****

-A garota da recepção ligou para confirmar sua partida Jason...
-Obrigado Mila.
-Ei,bonitão,não mereço um beijo?
-Olha,acho melhor você se vestir e ..ir embora.A noite passada foi..
-Incrivel,não é?!!-disse Mila,enquanto o abraçava e beijava seu pescoço.
-Um erro!!!Foi um erro,assim como as outras vezes,e...
A batida na porta o interrompeu,e se enrolando no outro lençol,foi atender a porta.
-Nina?!?
Um pouco decepcionada,Nina colocou uma caixa na porta,apertou-lhe a mão e com uma voz embargada disse:
-Desculpe interromper...eu só..só queria me despedir;Então..bom dia para você...para vocês.Adeus JAson.
Da porta,Jason gritava em vão,Nina abaixou a cabeça e nem se quer esperou o elevador.
Na cama,Mila se divertia com a cena.
-Dá o fora Mila!!

*****
-Mamãe...chocolate!!chocolate!!
-Tudo bem,vamos almoçar,e então podemos passar na "Chocolatery-Cherry"-disse enxugando as lágrimas e sorrindo para a filha.

O avião partiu,e na bagagem,a caixa,ainda fechada,esperava Jason ter coragem de ver o que tinha dentro.Mas no fundo,sabia que eram todas as suas coisas.

******
[Treze anos depois ]

-Parabéns Sofia..mais um festa maravilhosa...
-É Sofia,feliz aniversario!
Sofia já tinha quinze anos,uma cabeça madura,uma jovem comunicativa,que conquistava tudo e á todos com seus sorrisinhos.
-E então pequena Sofi,gostou da festa?-perguntou Michel
-Adorei pai! Muito obrigada!!
Nina ,ao ver aquilo,sua filha e seu marido,se deixou encher de amor,e com um ar despojado,entrou no abraço ,os enchendo de beijos.
****

Nina conheceu Michel na "chocolatery-Cherry",ele era publicitário,mas.nutria um paixão incomum por chocolates.
Um homem charmoso,amoroso,que dava muito amor á ela e a Sofia.
Sofia se deu muito bem com ele,e sem pressão alguma do casal,acordou um dia,e começou a chama-lo de pai.
Eram uma família incrível.
-Vamos minha garotas..amanhã,nosso avião parte cedo.
-Vamos..papai.-disse Sofia bocejando.

*****

-Ahh,estou exausta,acho que vou me deitar.
-Estou com vocÊ meu amor-disse Michle,á abraçando
-Ahh gente,estamos na Italia,e é sempre bom vir para cá,vamos,temos muito o que fazer ,e ...
-Ei,ei,calma ai pequena Sofi..você tem energia de sobra,nós dois,somos velhos cançados-Disse Michel,provocando uma extensa onda de risos nos três.
-Vá vocÊ queria,amanhã poderemos sair,mas hoje,ach oque Florença é sua-disse Nina sorrindo-eu e seu pai vamos descansar.
-Está bem,vou trocar de roupa e organizar as malas no meu quarto,e vejo o que faço depois.

******

-Jason,hora do almoço,o que acha de vir com a gente?
-Obrigado meninas,mas,ainda tenho umas coisas para assinar.
-Está bem.

Jason trabalhava em um pequenino cartório,em Florença,não tinha muitos amigos,pois,desde a despedida de Nina,e todas as cosias dele em uma caixa,como um Adeus fixo,se tornou fechado,sozinho.
Terminou de organizar uns papeis que estavam pendentes,e saiu para almoçar.
Enquanto almoçava,via casais,famílias felizes,se lembrava de como tinha sido estúpido por ter deixado Nina e Sofia para trás.
Teve seus pensamentos interrompidos por uma adolescente de no máximo quinze anos,que aprecia precisar de ajuda.
Estava segurando um sorvete,suas sacolas jogadas na calçada,a blusa molhada por causa da fonte,e ela,na ponta dos pés,tentava alcançar um gatinho que estava no beirau de uma casa.
Era óbvio que ela ia cair,e sair de lá pingando.
Jason se levantou,deixando o dinheiro na mesa,e correu para ajuda-lá.

******

-Vem gatinho,anda....
De repente uma mão forte a segurou,segundos antes de ela se espatifar.
-Pronto. TEm que tomar cuidado.
Um pouco sem graça Sofia agradeceu,e ia saindo quando o homem que a ajudara,subiu na fonte e resgatou o gatinho e o entregou para ela.
-Muito obrigada!!!!-disse toda contente-eu sou Sofia,Sofia Lima.

Só podia ser bincadera!! era sua filha!.
*******

[continua / prometo que ta acabando ;P ]

6 comentários:

Daaia disse...

to no trampo agora
quando eu chegar em casa eu vou ler do começo ao final biah (y)
beijjoo

Ni ... disse...

Moça, sua saga é muitoo envolvente... fiquei feliz em ver que tinha mais um capitulo e fico me perguntando o que ainda vem por aí... rs

Obrigada por ter me linkado e vc tb já esta com os rastros misturados aos meus... rs

Beijo e mais beijos.

Polly disse...

Capítulo X, já? Perdi muita coisa!


(www.pollyok2.zip.net)

Polly disse...

Capítulo X, já? Perdi muita coisa!


(www.pollyok2.zip.net)

○Cámila disse...

Ahhh que curiooosidade pra trminar logoo a historia
hahaha

PARECE FILME!

Letícia Perini disse...

e logo o livro fica pronto? uhsahsua.
Vc escreve mto bem (:

beijos