16 junho, 2008

Caminhos cruzados [part.IX ]

-Olha mamãe,um balanço....posso ir?
-Claro,vou sentar aqui,não vai muito longe-disse Nina.
O parque era imenso,e o dia bastante favorável,e sentados ali,naquele banco frio,Jason só queria abraçar Nina,dizer tudo o que aconteceu,mas ela não tirava os olhos de Sofia.
-Precisamos conversar Nina...
-Agora não!...-e ao perceber que a frase saíra um tanto estúpida,deu um sorriso -Não quero perder Sofia de vista.
****

-Que tal comermos alguma coisa?-sugeriu Jason.
-Oba!!!!!! morrendo de fome!-disse Sofia toda sorridente.
-É,acho que ,por mim,tudo bem,e assim podemos conversar.

Pediram a comida no carro,depois estacionaram na beira da praia,e enquanto o sol se retirava,dando lugar para as estrelas,ambos riam,como se fossem um bela e unida família.
Uma pena,que não seja tão simples assim.

Sofia adormeceu no banco de trás,e Nina,com todo esforço,se pendurou no banco para cobri-lá,porem,quando voltava para seu lugar,Jason a segurou,e a beijou.
A reação de Nina,definitivamente não era o que Jason esperava: Um tapa,e ..lágrimas ,de raiva.

"Muita coisa mudou Jason,muita coisa"

******

Se passara uma semana ,e Nina não retornava as ligações de Jason.
Não podia ficar muito tempo,tinha uma viagem marcada.Mas não podia ir sem antes acertar tudo com Nina.
Pegou as chaves,e em um pulo,entrou no carro.

*******


Já era tarde,Sofia dormia tranquilamente,depois da noticia conturbada que recebera.
Os olhos de Nina estavam inchados,o silencio tomava conta do quarto.
A campainha tocou,era Jason:
-Posso entrar?
Estava um tanto agitado,por um instante Nina teve medo.Medo de que ele tivesse bebido..mas não pode resistir ao pedido:
-Por favor Nina.
-Entra..mas,fale baixo por favor,Sofia está dormindo,e não quero assusta-la.
-Vamos conversar na varanda então,está bem?

********
-A vista continua linda Nina,realmente adorável.
-Qual é Jason!Você não veio aqui falar da vista não é? O que você quer afinal?
Um tanto sem graça,Jason,pegando nas mãos frias de Nina,começou a se desculpar,a se explicar:
-...Meu pai morreu e você se lembra das ultimas palavras dele...
-Lembro,e lembro também o como você passou a se comportar JAson!
-...eu sei,me desculpe.

Eram historias atras de historias:
-...fiquei confuso..a carta da faculdade...minha maõ indo embora...me desculpe.
Nina,já não falava mais nada,desviava os olhos,mas estava ouvindo á tudo ,atentamente.
-..quando vi que já não te fazia feliz,vi que tinha me transformado em algo que apenas lhe fazia mau...-era dificil vencer a vontade de chorar,mas tinha que ser forte-..fiquei tão perdido,tão confuso...pensei que ia perder você!
Nina,de repente,se virou,o encarou,e seus olhos também estavam transbordando tristeza,sua voz embargada,e falas cortantes:
-FICOU COM MEDO DE ME PERDER!!!!!!!-gritava Nina-E POR ISSO ME DEIXOU?ME DEU AS COSTAS??
-me perdoe Nina,eu sei que eu errei,mas tente me enteder...
-ENTENDER? ESTAVAMOS JUNTOS NESSA JASON,E VOCe^ME ABANDONOU,ESCREVEU UMA CARTA,E ME DEIXOU PARA TRÁS..EU E A SUA FILHA!
-Filha?? Meu deus,Sofia....
-sim.
-Ela sabe?
-Sabe que tem um pai que foi embora,mas a noticia que ele é você,a deixou um pouco conturbada.
-Mas,vocÊ usa aliança,achei que...
-é nossa-disse Nina chorando-muito antes de vocÊ ir embora eu a comprei,deixei a sua no criado mudo,mas..vocÊ nunca a notou.
-O que foi que eu fiz?! Não devia ter ido embora.
-Tarde demais pra se arrepender Jason,eu esperei,por três anos,chorando,me preocupando,e vocÊ não voltou...
-Por favor,não desista de mim Nina.Não abra mão de mim.
-POr quê? vocE^abriu mão de mim!

Nina entrou,e abriu a porta ,dando a entender que a conversa estava no fim.
-Nina..por favor...
-CHEGA JASON! não mais nada o que se falar...e nem o que se ouvir.

antes de Nina fechar a porta,em um ultimo esforço,Jason gritou,se atirando á porta.
-EU TE MO,SEMPRE TE AMEI NINA....por favor!
*****
´[continua ;P ]

2 comentários:

Ni ... disse...

Menina, continua logo ... rs

Estou com cólicas de curiosidade... rsrs...

beijooo

Daaia disse...

como esse povo é criativo meu deus =D
vamos longe amiga