20 maio, 2009

Survive.

São as decisões que tomamos que fazem de nós o que,ou quem,realmente somos.
Tudo depende do ponto de vista,do lado que se enxerga e do seu envolvimento com a escolha.
A parte mais difícil,talvez,seja calcular as opções,pesar as conseqüências,os prós e contras,dessas escolhas; Quando o caminho é escolhido,a decisão foi tomada,tudo fica mais...”fácil” de ser feito.
Então..eu tinha me decidido em seguir a opção que me foi dada,mas no meio do caminho,junto com todo o medo,determinação e desordem,eu achei outra solução,uma nova alternativa.
Isso não faz de mim uma má pessoa,okay?!
Me inclui na mesma porcentagem da qual todos nós já fazemos parte.Na dos que tentam,desesperadamente,sobreviver.
É tudo sobre isso.SOBREVIVÊNCIA.
É o que todos fazemos,seguimos,queremos e ..somos.
Isso não faz de nós pessoas más,apenas..humanas.

9 comentários:

Sofih disse...

Somos verdadeiros guerreiros vivendo nessa loucura.
Você escolhe um entre dois caminhos, mas quem disse que não tem como sair dessa por um caminho alternativo? ;D

Beijos

Fernanda disse...

um dia li uma frase que dizia que só loucos poderiam sobreviver a loucura que é a vida...e que todos nós devemos em alguns momentos agirmos como loucos...


Bia,essa semana mesmo [amanha talvez]posto um texto no reciclagem...^^

Teté disse...

sério mesmo, em apenas 2 dias ou menos eu ja li uns 3 ou 4 textos que falam da mesma coisa: escolhas
isso foi combinado de alguma forma e esqueceram de me comunicar? o.O
hahahahaha
que medo
mas então, pode mandar recadinho la no orkut se quiser me informar algo ok? ou então dps me pede o msn
;** flor

Luan Fernando disse...

Concordo com cada palavra. Vamos fazer nossas escolas, seguir nosso caminho, e seguir sempre em frente.

Fe disse...

Com certeza. Não tem nada de errado em mudar de opinião, mesmo que seja no meio do caminho.
Ainda bem, pois indecisa do jeito que eu sou, isso é mais do que comum na minha vida... heheh.

bjaooo.

Nanda disse...

Realmente...Nos somos feitos das nossas escolhas!
Mas temos total direito de mudá-las.
Ótimo texto!

beijo ;*

Tatá disse...

Eu sempre saio daqui com uma paz que eu não sei de onde vem.
Acho que suas palavras são as responsáveis por isso, nega.!

=*

Anitha Rosenrot disse...

"Não sei, deixo rolar. Vou olhar os caminhos, o que tiver mais coração, eu sigo." (Caio F. Abreu)

O coração pode se enganar, mas todo tropeço ,de um forma ou de outra, nos empurra para frente. E se é desse jeito, melhor optar pelo que faz nosso coração vibrar, não?

Dri Viaro disse...

Oi, to passando pra conhecer seu blog, e desejar bom fds

bjs

aguardo sua visita :)