26 outubro, 2009

Nós.



Não é preciso muito.De repente eu sei exatamente o que fazer,e antes mesmo que eu me de conta disso,forço meu corpo a se mover o mais rápido possível.
Deixo meus cotovelos presos as costelas,para que meu colete aberto não fique para trás na próxima vez em que eu entrar a direita abruptamente.
Eu corro,e meus olhos nem se quer podem me ajudar a me localizar,pois tudo se resume a riscos borrados que em um segundo ficam para trás.
O que guia meus passos desesperados é a batida acelerada do meu peito.
É o medo de chegar e ser tarde demais.
O caminho se encurta,os músculos da perna reclamam,e eu mal consigo achar ar para respirar,mas continuo.
Te avisto,terminando de colocar as malas no carro.Vestido com aquela sua camisa surrada do Anberlin.
Sinto um nó na garganta e grito teu nome,antes que meu corpo se desmorone aqui mesmo,na calçada,a poucos passo de ti.
Você se vira,os braços abertos,feições surpresas.
Me atiro contra você,enroscando as pernas na sua cintura,sem nem ao menos perguntar se teus braços são rápidos o suficiente,fortes o suficiente,para sustentar meu peso sem que tu percas o equilíbrio.
Antes que digas algo,colo meus lábios agoniados nos teus e deixo que todos os discursos que deviam ser ditos,fiquem subentendidos.
Porque eu preciso que tudo não passe de um mal entendido.Que tudo seja fácil de organizar,concertar.
Porque eu preciso que isso seja o suficiente pra te fazer perder o vôo,pra te fazer ficar.Pra te fazer QUERER não ir.
Porque eu quero que tu subas as escadas,arranque minha blusa e deslize tuas mãos pela minhas costas.
É disso que se trata.É o que eu quero,e o que eu preciso.
É o que é certo e o que tem que ser feito.
É sobre você me amar,e eu amar você;e sobre o AMOR ser SUFICIENTE pra apagar qualquer pisada em falso.
Suficiente pra nos fazer ficar juntos.Para o EU e VOCÊ,se tornar NÓS.





16 comentários:

Diego Morais disse...

Muito legal o texto.
Gostei do tema.
:*

Luan Fernando disse...

Tudo fica mais leve e mais alegre. Parece que tudo fica mais simples do que as coisas realmente já são.

O amor faz essas coisas com a gente... eu estou me sentido assim agora.

Little dreamer disse...

"Me atiro contra você,enroscando as pernas na sua cintura,sem nem ao menos perguntar se teus braços são rápidos o suficiente,fortes o suficiente,para sustentar meu peso sem que tu percas o equilíbrio.
Antes que digas algo,colo meus lábios agoniados nos teus e deixo que todos os discursos que deviam ser ditos,fiquem subentendidos.
Porque eu preciso que tudo não passe de um mal entendido."

MENININHA LINDA! DE ONDE VEIO TANTA INSPIRAÇAO HEIM?! meu deus! ♥

Valéria disse...

O amor..sempre inspirando mentes apaixonadas.

Keel Diniz disse...

ahh.. num tô legal p/ comentar algo sobre esse assunto..

foi mal..=/

passei p/ dizer oi!
=}

Ni ... disse...

Ficar juntos deveria ser permitido sempre...

Bejo e mais beijos

*Lusinha* disse...

Quando se ama, não custa tentar mais uma vez, perdoar, conversar e ir viver essas coisas boas do amor.
Bjitos!

Hosana Lemos disse...

que lindooo
*-*
fiquei imaginando as cenas a cada palavra de teu texto..
lindo, sem mais!
queria sentir novamente ssa sensação que conseguiu transmitir!
*-*

bjos, adorei

Chris disse...

mto lindo!!!!!!!
queria ter uma vida assim...

Erica Ferro disse...

Lindo!

Beijo.

Fe disse...

Que lindo!
Eu até imaginei a cena. hehhe

beeijao.

Varda disse...

Seu texto ficou fofo!

[é de algum filme a foto do post?]

Luh* disse...

Qtexto lindo!
O amor nos deixa tão inspirados né?!
beijos

Yaasmiin (: disse...

Bia, tem mais selo pra ti lá no Registros em Versos;*
http://alostkiss.blogspot.com/2009/10/mais-um-selinho.html

- Thaís . disse...

Forte. Amar, em duplicidade. Paixão. Urgência.



...lindo.

Márcia Amaral disse...

deverias escrever um livro, dik, é engraçado a forma que tuas palavras viram fantasia ! tá bom mesmo, antes eu diria que me endentifiquei, pena não poder dizer isso agora