02 setembro, 2009

Minha vez [Egoismo?]

Enquanto se despe de todas as fachadas de força,machismo,arrogância e estupidez,se encolhendo no tapete empoeirado de uma sala que foi cenário para as tuas ditas cujas horas de amor;tenho que pensar.Forçar minha memória a me entregar a localização exata dos teus mapas.
Suas lagrimas e seus soluços escandalosos,por mais friamente que pareça,me causam uma leve vontade de rir,seguida de uma forte náusea.
Assim que meus dedos alcançarem os puxadores das gavetas,e abrirem os mapas em cima da sua mesa envernizada,partirei.
Enquanto se perguntas o por quê dela ter partido,meu olhos procuram rotas que me poupem de longas caminhadas cansativas e improdutivas.
É fascinante a alheidade que meus ouvidos criaram,e como a necessidade em te responder se tornou ausente.
Era tudo tão desgastante. Tua falta de visão me quebrava e definhava.
Teus papeis ,muito mal interpretados,foram motivos de risos,e muito alem disso,foram o centro de todas as conseqüências do que fizestes.
Seria de extrema improcedência se eu regredisse ao estado de total ilusão e encarasse seu tão cômico infortúnio como uma oportunidade de felicidade.
Fostes tão cego.Deixaste se levar por exagerada beleza e esquecestes que o conteúdo que preencheria a lacuna de teu peito,estava bem aqui,dentro de mim.
Ela foi embora,deixando para trás uma pilha de trapaças e um amontoado de bagunça.
Eu? Não fico por muito tempo.
Se não pra exercer o papel de amada,não me interessa o papel de escrava.

15 comentários:

Fernanda disse...

por que antes de querermos amar alguém é preciso nos amarmos primeiro.

Kátia Ruivo disse...

querida,

te indiquei lá no colhca pra receber um selinho de mulher bem-resolvida, pega lá!

bjs

Antonio saramago disse...

Antes de uma Mulher se entregar, tem de inteirar de muito pormenor que depois dá em negatividade.
Para o homem, é diferente, acaba por ser só mais uma que passou por ele..

Luan Fernando disse...

Eu concordo com você, acho que você toda razão, eu penso dessa maneira também.

Keel Diniz disse...

Eu quero ser amadaa e não escrava..^^

bjin
:*

Wilian Bincoleto Wenzel disse...

Espero ter entendido o texto... Ele não valorizou que o valorizava. "/

Isso é triste! Agora, no mínimo, vai fazer o papel de coitado e tentará correr atrás do tempo perdido, talvez tarde de mais.

Não sei, o que importa mesmo é a valorização de ambas as partes em um próximo relacionamento.

Beijos Doces!

p.s [em resposta ao seu último comentário] Não se acovarde dessa maneira. Tenho certeza que é uma ótima companhia. (:

Andrea Carolino disse...

Não sei se rio ou se choro com esse texto.
Me pareceu bem familiar...

Bjos

Babih Xavier disse...

É difícil opinar sobre o amor...
pra mim, tudo que é feito por amor é válido \o

mente inconstante disse...

"Se não pra exercer o papel de amada,não me interessa o papel de escrava."
Perfeito!
Adorei!
[como sempre]

:)

Priscila Rôde disse...

O papel de Amada é bem melhor, com certeza! Rsrsrs

Fe disse...

Se não pra exercer o papel de amada,não me interessa o papel de escrava.

Adorei isso. Sabe, tem uma pessoa que há alguma tempinho atrás tava merecendo ouvir isso de mim. =/

post lindo, viu? bjsss.

áá Thay disse...

- aiii' desculpa,fiquei tanto tempo sem postar :///tava muito ocupada :s
mais voltei a ativa *----*

Ana Paula disse...

Disse tudo!
Tmb quero ter o papel de amada...^^

Sofia disse...

'ooi,
saudades de visitar seu blog. postei sobre o meu futuro (momento medium) lá no blog, dá sua opinião?'
Adorei seu texto, tá?
beijos,
Sofia
(http://pirulito-no-palito.blogspot.com/)

' Jαdє Amσrιm disse...

Concordo totalmente contigo quando diz que não dá para ficarmos num relacionamento que nos faz mal. Amei o seu texto!
E fico feliz que tenha gostado do meu, também acho que só o tempo não cura todas as feridas.


Beeijos!