18 fevereiro, 2008

o que realmente devo ser?!

Em meio a desastrosa tempestade,enquanto as aguas em um unutil esforço tentavamamenizar a sujeira e feiura de nossos atos,as irregulares correntes de agua levavam em meio a toda confusão,grandes pedaços do que eu acreditava ser parte de mim,ser EU.
Quando amanheceu,já não me encontrava no mesmo lugar,e minha mente era como um diario novo,as paginas em branco gritavam para serem ocupadas.
A rapidez que antes não me dava tempo de pensar,pasou a ser substituida por sabedoria e paciencia,e os atos de incoerencia,serviram como experiencia para os proximos passos.
Aos poucos fui me refazendo e apefeiçuando meus pensamentos.
Na varanda,vendo a vida passar,o leve acariciar da brisa veio para arrastar o tão obscuro pesar que trazia em meu coração,e ao se ver livre daquele grilhão,o alivio é incontrolavel,as novas ideias surgem do nada.
O sorriso desaparecido volta a ahbitar de novo meu rosto e me foi devolvida aquela força,aquela vontade de viver para sempre sendo feliz.
No caminho de volta,percebo que as coisas que antes me eram excencias,não me mostram mais valor algum,e que aquilo que eu sempre procurei e julguei nunca achar,estava tão perto.Estava dentro de mim.
A jornada em rumo a felicidade,á paz total de espirito,e a realizações,pode ser longa,mais eu vou até o fim!!!

3 comentários:

Bruna Bo disse...

Eu li o final daquele texto bonito, parabéns, deve ter dado um trabalhão fazer *-*

Biah, você também é super importante, e agora que nos reencontramos e somos mais amigas do que quando crianças, não vou deixar que isso mude! (:

P.S.: Já postei no Amores Cruzados, agora é com você.

beeeijo ;*

*•Rαfαεℓℓyиhα•* disse...

hmm..tenhu 14 aninhoos =)

Ah..vlw por te comentado..eh ruim msmo q as pssoas c metam na nossa vida rsrs

Post mto legals e blog lindo como sempree!! Bjuus =*

A n i n h a a disse...

adorei seu blog meninaa :D
simples e bonito *--* adoro coisas assim.

Vou passar daqui sempre tbm
beijinho ;*