06 outubro, 2008

Algo a dizer

Já estou avisando que os erros vão se somar muitos no final.Essa rigidez que se encontra em meus dedos congelados,não permite que as palavras fluam levemente.
Não tenho muito tempo para lhes envolver em coisa que poderia ou não justificar minha ausência em mim,o relógio nunca foi muito meu amigo,mas de uns tempo para cá,parece que travamos uma batalha por segundo.
Eu não tenho respostas para as perguntas que vão surgir a partir de agora,e nem faço idéia do que aconteceu desde hoje,não posso explicar o que senti e nem como foi a jornada para que tudo se estabilizasse e eu voltasse ao controle.
Tenho medo,que as rédeas escapem das minhas mãos novamente,e que minha visão se turve novamente.Não quero voltar. O tempo que passei pode ter sido curto,mas foi suficiente para eu ter a total convicção de que não quero voltar jamais.
As embalagens e receitas ainda estão pelo chão do quarto,junto com todas as fotografias,os planos.Não me aprece,não tenho uma vontade incontrolável de ajeitar tudo isso agora,acabo de retornar ,quero dar meus passos com calma,porque não quero mais voltar para lá.Foi de lá que eu vim,e vim com a certeza de que não quero mais voltar.Se aqui tudo esta um caos,lá esta pior.
Os ponteiro já estão gritando,eles são muito encrenqueiros,mas hoje,eu não quero me alterar.Já estou indo,mesmo que eu queira ficar mais,é melhor não ser teimosa,podem não saber interpretar e achar que eu estou voltando para lá,e eu não ,já disse,não volto pra lá.
Apenas me deixe aqui,e eu prometo parar de chorar.

6 comentários:

l'esprit fabuleux disse...

a correria do dia a dia faz com que a gente se perca entre conflitos e alegrias da vida, mas eu creio que a gente é mais forte e mesmo que doa a gente consegue se libertar da escravidão do tempo :)

ótima semana, saudades :*

l'esprit fabuleux disse...

ai bia bem isso, no caso eu sempre saio como a chata da história né? além de poder magoar tanto a mim quanto a outra pessoa, mas enfim, preciso botar um ponto final nisso.

quanto ao fresno, realmente, eles mereciam :/

Camila :) disse...

Apenas me deixe aqui,e eu prometo parar de chorar.
olhaa se cuidaa
esse textoo ficou lindoo,certamentee muitaa gentee vaai amaar xd
ve se prometee mesmoo naum chorar mais :)
bejoo

O Profeta disse...

Atravesso o céu em sonhos
Três aves do mar, três raios de sol, três punhais
Seguem-me apontados à solidão
Ah este vento que sopra nos brandais


Vem partilhar comigo uma história real



Mágico beijo

Ronny William disse...

Pode ficar.
:~

Letícia Perini disse...

A vida é mesmo feita de "viagens" e a gente aprende onde é bom ou não para nós ficar. Mas até descobrir isso, a gente experimenta muito. Às vezes dói, às vezes a gente se arrepende e não tem como voltar para onde prefiriamos... mas em nós sempre fica um pedaço de cada uma dessas jornadas. E nós, resta-nos sermos fortes e saber viver.

Eu gosto de vir te visitar porque no meio das suas palavras eu sempre me encontro em alguma parte.

Boa sorte na luta com o tempo, também tenho problemas com ele e nem sei que conselho dar.

beijo :*