27 outubro, 2008

Te apresento a Débora [parte III ]

-Maninha.Bom dia.
Eliot sempre levava o café para Débora quando ela dormia lá.
- Heyy,quem fazia isso era eu mocinho,eu sou a mais velha -disse ela toda sorrisos.
Os dois conversavam,coisas banais,novidades,livros,uma peça nova que estrearia.
-Você chamou ele hoje,como em todas as noites ,Déb.
Ela abaixou os olhos,e se calou. Eliot continuou.
-Você devia contar. Ele tem o direito...
-Direito do que? De estragar a vida dele? De viver uma mentira? De saber que não vai durar?- disse ela em gritos e lagrimas.
- mentira? Mentira é o que ele vive agora,com aquela cobra que se diz sua amiga. Ele te ama...
-Ahh,cale a boca Eliot. Será que toda a vez tem que ser assim? Será que você não pode simplesmente me apoiar?
- Eu te apoio, só não concordo. Seis anos é tempo demais para amar calada. Seis anos é tempo demais para mentir irmã. Se não quer contar sobre seus sentimentos,ao menos devia contar a ele sobre o ....
-NÃO! CHEGA!-disse Débora- não preciso da dó dele. Não preciso que ninguém mais se preocupe.
Ela se levantou,pegou as coisas da faculdade.
Abraçou os pais. E se despediu do irmão.
-Cada vez que ela sai por essa porta,me da a sensação de que ela não vai mais voltar-disse a mãe segurando as lagrimas e se escondendo no abraço do marido.-Eu sei. Também sinto isso.-Disse Eliot no topo da escada,contendo as lagrimas.

[Continua ]

7 comentários:

MM.world disse...

amiga de blog, rs
tenho trabalho e estudado mto,
por isso sem tempo pra ler mais
o que vc escreve :/
por ex. agora, tô trabalhando...
mas vou pegar uma horinha dessa
semana pra ler, sem falta! ;)

só retribuindo a visita, ok?
bjinhos ;*

l'esprit fabuleux disse...

poxa, que dureza :~

Aquela tal de brito disse...

aiiiii
vou chorar!
amei sua historia, imploro que continue escrevendo!

Aquela tal de brito disse...

diz que 'ele' ama ela?
espero pelo menos ;~

beijos:*

ps: esperando doidinha pra ler o resto.

Rαfαεℓℓα disse...

Tô de volta!
Amei a história e o blog está lindo como sempre!

Beijão

Luana H. disse...

Quem sabe a Débora não conhece a Lena qualquer dia desses?


beijão

Bruna Molinari disse...

Continuaaa continuua!!!

o que ela tem?? digo a doença!
tu que escreveu?
se foi
meus parabéns tamuito bom!!!

nháá eu ja achei o meu pinguim!!

beijo beijo