28 janeiro, 2009

Espelho [REPRISE]

Olha bem para estas paredes que te cercam. Nelas você julga conhecer a espessura, o material usado para construí-la, as lembranças que elas guardas entre os pregos e parafusos.
Não enxerga? É tudo passageiro.
Insignificantemente insuficiente, para te dar algum sentido na vida.Foi imposto que devias depositar nelas as memórias de cada coisa que já passou, que devia de esconder entre elas, que elas te sustentaria e afastariam todo tipo de perigo existente lá fora.
Mentira!
O verdadeiro mal sempre esteve ai,sempre se escondeu dentro de ti,entre tuas palavras,teus protótipos de sonhos fúteis.Acreditou mesmo que estava segura?Acreditou mesmo que tudo isso jamais iria lhe atingir?
Por tanto tempo fechou os olhos para não ver o que lhe atormentaria,tapou os ouvidos,pois os berros lhe eram insuportáveis,mas não tardou não é?!Tua consciência te traio,com a mais alta classe e estilo que poderia ter o feito.
Esses delírios,imagens soltas que brotam de algum lugar obscuro de tua mente,já não tem mais outro desejo senão o de lhe atormentar.Lhe cobrar uma atitude que negastes no passado.
Cresça!
Não se entregue aos colchões dos fracos que de tudo fogem,que tudo escolhem não fazer,escolhem não ver.Mostre essa tua garra.Seja forte!Afinal,se não for para perder tua alma na luta contra esse mal que assola a vida de tantas outras pobres pessoas,de que vale então viver?!
Respire fundo.Lave tuas mãos.Firme teus pés no chão,imaginando que um dia estes,se tornaram raízes profundas,que trarão em seu tronco,historias para as gerações seguintes.Agora enxerga?Eles são milhares.Com suas caras sujas e deformadas.Seus uivos arrepiantes podem perturbar os pequeninos,mas não á ti.Pegue tua espada.Não tenha medo do escuro.Me de a tua mão.Esta batalha que se trava em teu peito,vai ter um final,porem,o resultado,se será favorável pra todos ou não,depende apenas de ti.
Depende que você se liberte destas cosias passadas que insistis em trazer consigo.Deixe tudo para trás.Esqueça!Olha para o horizonte,o sol já esta nascendo.Você ouve?São os pássaros que acordam para lhe compor esta linda canção.São ruídos frágeis que se criaram para lhe ensinar que existe outro caminho.Um caminho melhor,menos doloroso.Não hesite.Estou aqui.Não há nada que um pouco de cola não vá concertar.
Pega a cola,eu junto os cacos desde espelho que insiste me fazer ver teus olhos,refletidos nos meus.Não chore. O pior já passou.Apenas respire,e deixe que o tempo te diga quem tu és,ou o que nós somos.

8 comentários:

susan soares disse...

oi biah passando aki pra te deixar um beijinho amigaaaa!

kdê vc no msn eeim?
^^

bjokas da suh

LUAN_FERNANDO_ disse...

Olha não vou mentir, li só um pouco, hoje estou mal ocupado, então depois prometo que leio, seu post!
beijo!

- tácii disse...

UAL ;OO'
Arrasou com esse texto Bia!
É tudo o que eu precisava ler nesta manhã.
São coisas que as vezes não me deixam dormir... Mas é necessário crescer certo?

bjsmil :*

' Sofih disse...

Demais o texto Biah!
Precisamos amadurecer pra descobrir o que realmente existe no mundo e em nós.

Aiai, Crepúsculo... *_*
Aiai, Edward... *_*
Aiai, ...

Bjos!

Fernanda disse...

Que lindo...
te juro: teus textos são lindos,
um mais lindo do que o outro...
sabe que geralmente a gente sempre escreve parecido com algum escritos famoso
teu texto me lembrou carlos drummond de andrade.
precisamos amadurecer,
tirar a venda que está em nossos olhos...
adorei o texto,de verdade=)

Camila :) disse...

*--* realmente vc escrevee maravilhosamentee beem :)

susan soares disse...

bia temos que fazer uma trokinha de favores, vc quer saber das músicas e eu quero saber como colokar akele link de blog original okay! bjokas minha linda tuudiiboom!

J. F.r.a.n.c.o! disse...

Maravilhosoo! Ameeei o texto!

ps: valeeu pelo selinho! ;D


BeijOs!