15 novembro, 2008

Aos teus pés (versão 2)

Foi platônico.virou real...
A dor dessa sua ausência.
Deixa tudo para depois
Esqueça as estrelas e ouça minha voz,
Dê valor a todo o tempo que eu
Estive aqui,ao teus pés.

Porque não pode crescer aqui?
Porque não pode simplesmente estar,
Caber no infinito que eu sempre guardei pra ti??
O macio que pisou a vida toda,não era barro,
Eram as migalhas do meu pobre coração.

Não me faça ir embora
Deixe ao menos eu te mostrar o por quê...
De eu ainda estar aqui...ao teus pés

.


Deixa esse teu orgulho de lado
E solta todo amor que tem dentro de ti,
Porquê não pode apenas me dar a mão e
Me deixar guiar teus passos?
O que ganhas,maltratando meu querer?
Pisando no meu ser,mesmo sem saber,
Que não é de hoje,nem de meses atrás,
Que eu passei a viver aqui...ao teus pés.

Um comentário:

CaHanson disse...

nooossa .. to impressionada com o texto, lindo demais !
blog lindo demais tbm !

bjoo flor ;*