10 novembro, 2008

When I wake up.

Meus tênis surrados,com cadarços desamarrados,já deveriam conhecer de cor o caminho que percorro mecanicamente todos os dias. As pegadas que deixo na tira de barro que divide as estradas,já deveriam se acostumar com o fato de que o tempo entre uma manha e outra,não é suficiente para que elas desapareçam.
As pontas dos meus dedos já deveriam ter criado alguma espécie de tolerância ao frio e a umidade que nunca deixa de me esperar,seja nas fechaduras brilhantes ou nos galhos dos pinheiros do quase bosque em que tenho que me enfurnar para chegar em algum lugar.
O mapa,muito mais do que decorado,gravado com ferro quente na minha pele branca e sensível,nunca muda. Tudo é sempre tão igual. Tão igual,que quando muda,passa batido,porque meus olhos não estão acostumados a mudanças,sutis ou espalhafatosas.
Um beliscão,seguido de um empurrão e de um pedido de desculpas me fez acordar.
Como um estralar de dedos,tudo a minha volta simplesmente não fazia mais parte de uma rotina inquebrável.tudo estava tão maleável,tão fácil de ser mudado,de ser re-adequado para qualquer decisão que eu tomasse.
O sol já esta se pondo,e meus pés não formigam mais enquanto se balançam,pendurados na ponte, que liga um lado ao outro da cidade que sempre foi cortado por um rio.
O vento traz consigo cheiros e sabores tão excitantes e desconhecidos. É impossível não sorrir,impossível não deixar que a ponta do meu cachecol colorido balance,seguindo a rota do vento,encostando de leve,os fios de lã presos na ponta,em meu nariz,me causando uma leve cócega que apenas aumenta mais a força do meu riso.

10 comentários:

Bruna Bianconi disse...

LINDO, eu amo seus textos cara, sério!

adoooro, saudades :~

Luana H. disse...

Delicadíssimo!

Ah, tem mais um pouco da história da Lena e do Gabriel. Passa lá!

Beijão

susan soares disse...

Eu simplesmente amei...
estou me apaixonando pelo seu geitinho de screver!

bjokas linda
até o próximo post!

Lala disse...

Super, mega, blaster maravilhoso!
Amei demais o texto!!!

Voltarei sempre!

Beijos!

susan soares disse...

oie te repassei um memé
vai lá no meu blog e dá uma olhadinha tah bjokas...( se vc quiser responder - dá uma lida)

Mah disse...

Realmente lindo.
Como sempre.
:*

Ruiva disse...

Essencialmente simples!

Sergio disse...

Deu uma bela foto, moça.

Vivi Tufαni disse...

Que lindo texto ! Adorei !

Aliás, li outros textos e adorei a maneira como vc escreve, de um jeito delicado e decidido !

Visitarei mais vezes seu blog !

:)

beijos

Camila :) disse...

muitoo gostoso de ler sabiaa,
boom as coisas deveriam neh mas nem semrpe sao acostumadas,
hehe

bejoo