05 agosto, 2009

#meudianews

Com os olhos cansados,sai de debaixo das cobertas,vesti a calça jeans que estava dobrada no encosto da cadeira almofadada cor de laranja,escovei os dentes,e fui pra estação de trem.
Já nem me preocupo mais em passar muito tempo na frente do espelho,discutindo com as olheiras e aspecto cansados,que não largam meu rosto dotado de sardas.
O sol ,propicio a despertar meu humor de drácula aposentado,irradiava em meu rosto.
Os fones de ouvido me fizeram companhia nas estações de trem,e nas de metrô.
E então,meu dia mudou.
Apesar de todos os ,contínuos,pesares,os pequenos detalhes que nutrem a vida de cada pessoa,e por mais imperceptíveis que sejam,fazem uma diferença notável,tomaram minha atenção e me guiaram pelas ruas da LIBERDADE ( Bairro daqui de SP ).
Caminhei,observei e refleti..e por mais cansadas que minhas pernas estejam,(como sempre é,quando eu vou pra lá)Voltei com um certo alivio na alma,a ausência momentânea do peso que minhas costas veem carregando. (E uma pequena esperança de que por essa noite a insônia me dê uma folga e me permita sonhar com carneirinhos pulando cercas ou qualquer outra coisa da qual eu não vou me lembrar assim que despertar).

7 comentários:

Kátia Ruivo disse...

Acho que vc observa as pessoas da mesma forma que eu. As vezes viajo por um tempão observando alguém , imaginando atitudes e traços de personalidade só pelo modo de ser e olhar.
Amei!

Rissellie disse...

oi,
o código do selo do meu blog esta embaixo do selo lá no meu blog.
Se você quiser o que eu faça um selo pro seu blog é só me mandar uma imagem.
bjus
brigada

Andrea Carolino disse...

A insônia tbm não tem me largado por essas noites.
Minha mente não para um só segundo. 24 horas são poucas para tentar entender o porquê daquela situação.

Detesto isso... mas é mais forte que eu.

Bruna Bianconi disse...

você sabe que eu gosto muito do seu jeito de escrever né? me sinto bem vindo aqui!

Fe disse...

Adorei o post!
E obrigada pelo selinho. Logo, logo eu posto. ;D

bjaoooo.

Mαrih ♪ disse...

A inquietação é trágica. Não nos deixa dormir, pensar em outra coisa, resulta em um mau humor irritante e nos traz um peso grande e insuportável.
Espero que a inquietação dessa sua personagem melhore, e ela finalmente possa ter dias melhores {e se a história diz respeito a você, desejo a mesma coisa} :)
Bia, adoro teus textos e teus comentários. Você é uma das bloggeiras com quem mais eu mantenho contato ;X
Beijos de uma amiga virtual que aguarda mais textos :*

Iara Fepasiso disse...

vc escreve muito bem! =D
também observo pra caramba as pessoas...
eu tinha muuuita insônia!! dae decidi começar a escrever de madrugada hoho
e deu certo!!